Domingo, 9 de Novembro de 2008

Passado

Eu era assim. Inocente, genuína. Era daquelas raparigas que não reagiam quando lhe faziam um comentário depreciativo. Era daquelas que preferia ignorar e fingir que nada tinha acontecido. Que chorava por causa de todos os ataques mas que preferia não se manifestar, com medo de possíveis reacções.

 

Mas ontem revoltei-me. Sim, devem pensar que sou a criancinha que era. Lamento, já não sou. Agora quando dizem “Cuidado com o que estás a dizer Rita” respondo, calmamente, “Quem tem de ter cuidado não sou eu”. E não sou. Pode parecer estúpido, mas depois de tanto tempo a aguentar certas coisas, eu criei um sistema que me impede de ouvir parvoíces que têm como objectivo humilhar-me sem reagir. Tenho orgulho sim. Isto não quer dizer que sou fria e ataco tudo e todos. Eu não sou capaz de respeitar quem não me respeita (já tinha dito isto aqui anteriormente). De resto, não gozo nem ataco quem não me faz nada de mal. Sou simpática e tento não criar problemas. Mas quando me provocam, agora já sou capaz de ignorar.
Por isso, quando não me respeitam, quando me chamam coisas que não sou, reajo automaticamente. Até me posso rebaixar por descer ao mesmo nível, mas já não sinto a consciência pesada por não ter feito nada.
O motivo deste texto:
Eu pus no nick “Manifestação dos professores”. Ao final da tarde,ainda estava eu na Manisfestação, começaram as mensagens.
Ela Ex professora é?
Eu Por amor de Deus, não me chateies --‘
Ela Fgo, é o k eu digo tu n regulas da cabexa… Agr já te axas profexra, nc te axaxte p*ta?
Eu Claro que acho, aliás, eu sou, não vês? --‘
Ela Grand ou pekena p*ta, kuanto kobrax?
Eu Epa, mais do que tu, acredita.
Ela Eu nem um cêntimo dava por ti…Dvias ter vergonh d ti própria, d xerex axim, é por ixu k dviax abrir ox olhx a vida, e cmexar a xer uma mulher dexente kmo eu
Eu Pois é, não me posso esquecer de seguir os teus conselhos.
Ela Inda bem, pk tu tax uma rapariga vorgonhosa.
Eu E tu não?
E a resposta foi Ve la ve o ke dizes rita. Ass. Pedro (o meu ex namorado)
Por favor, já não me basta aturar neuras desta rapariga que nem sabe escrever, ainda tenho de a aturar a insultar-me? Desculpem, mas não. (E para quem pensar que “saltou-me logo a tampa” engana-se, isto já aconteceu algumas 4 ou 5 vezes, mas a rapariga nunca tinha ousado chamar-me p*ta.)
 
Realmente, uma pessoa tem de passar por cada coisa (a parte positiva é que isto até fez-me rir bastante xD)
 
Sinto-me: Há com cada coisa...
Música: In my place - Ana Free
Publicado por Ritynhaa às 21:37

Link do post | Comenta! | Fazer parte dos teus favoritos =)
8 comentários:
De jeune fille aux cheveux blancs a 9 de Novembro de 2008 às 22:01
santa paciência... que morra.
beijinhos.
De sara a 9 de Novembro de 2008 às 22:10
Há gente que não pensa --'
enfim, concordo com a tua maneira de pensar :')
De Ana Catarina a 9 de Novembro de 2008 às 22:23
Meu amor olha de miudas dessas designadas de "decentes" so tens é qe te rir na cara delas por se julgarem assim tao "decentes" e no fim nao valerem um chavo!
L0L como já te disse nem merece qe te lembres qe tar serzinho existe.
Es SUPERIOR!!


E realmente ex.namorados e namoradas de coisas do género sao cá uma praga. Qem os inventou devia ser castigado.

Amo.te
De Tima * a 10 de Novembro de 2008 às 16:13
Plamordeusssss...

Não sei o que se passa contigo e com a tal rapariga... Mas não me parece que ela seja alguém para quem devas olhar!...

Pamordeusss, quem tem uma conversa assim e insulta as pessoas assim é que não bate bem, de certeza!... E o teu ex-namorado :S... HON!


Beijinho, e caga nelaa :P

De Ana Sofia a 10 de Novembro de 2008 às 21:41
Ter-te saltado a tampa?
Fogo, eu até acho que tiveste muita calma com a miúda, a sério! :O
Não ligues!
Beijinho
De Taaaania a 12 de Novembro de 2008 às 12:03
O mais importante desta vida é sermos nós próprias. Gostam, muito bem :)
Não gostam, muito bem na mesma :)

E sim, a prova mais marcante de que estás a crescer no sentido certo é a de que já não tens medo de seres quem és e de o demonstrares aos outros. Essa coisa de dizer sempre que sim é muito pouco madura...

Beijinho e obrigada pelas tuas visitas :)
De Ána Andráde • a 16 de Novembro de 2008 às 16:43
Bem, eu sei que não me conheces... Mas passei pelo teu blog, e este post, bem chamou-me á atenção, de certa forma. Fez-me lembrar algo do meu passado, por assim dizer. Mandaram-me crescer e aparecer, e eu disse-lhes que quando aprendessem a escrever, eu também crescia . :b

Eu lembro-me de escrever assim, como essa tal rapariga, á dois ou três anos . >.< E agora também há pessoas que além do 'x' e 'k' usam oo 'z' . "Azo que vou fazer izo mezmo". Até irrita . :x

Beijinhos
De Guida a 24 de Novembro de 2008 às 19:39
Francamente Rita, devias ter VORGONHA! ouviste?! VORGONHA! ahahahah xD
enfim, não há palavras .... @

Comentar post

Sobre mim =)

Pesquisar neste blog

 

Janeiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
20
21
23
24
25
26
27
28
31

Arquivo

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

101 coisas em 1001 dias ^^

Lista

Links

blogs SAPO