Segunda-feira, 12 de Janeiro de 2009

Post informativo

Ontem fui, pela 6ª vez (que bonito, nem imaginam as vezes que o meu pai já escreveu no livro de reclamações e as vezes que já me trocaram o modem...mas sempre por um do mesmo modelo!), a um Fórum que fica a 40km da minha casa, para resolver um problema do modem TMN da iniciativa e-escolas.

Eu já sabia que o problema era do cartão (ao contrário das outras vezes, porque até agora tinha sido sempre a bateria a ir desta para melhor) e lá me trocaram o cartão por um novo. E fiquei espantanda quando o funcionário me disse que não precisava de ter  bateria dentro do momdem para funcionar. Disse, até, que viciava o modem se a bateria estivesse inserida e que o mais recomendável era usá-lo só com o cartão.

E, como eu não fazia ideia que estas coisas eram possíveis e acredito que muitas pessoas não saibam também, quem tiver o mesmo modem que eu (ver imagem abaixo) passa a saber que o pode usar sem bateria x)

(imagem retirada da Internet)

 

 

 

P.S. Estou a pensar fazer um post com os livros que estou a pensar ler este ano x). Aceitam-se sugestões, mas expliquem o porquê de sugerir o livro sff ^^

 

Bom fim de semana

Sinto-me: Descansada *-*
Segunda-feira, 6 de Outubro de 2008

Quem faz anos, quem é? xD

Parabéns a mim ^^

 ( 16 )

Já posso trabalhar, ir a discotecas, tirar a carta de moto (coisa que não me interessa muito x) e ''fazer amor'' em idade legal xD

 

Hoje buuuuue pessoas deram-me os parabéns, algumas que eu nem conhecia O.o

 

Prendas:

- rosa vermelha - namorado

- uma coisinha em forma de beijo com uma gatinha para pôr um bloco - namorado

- um sitio para pôr notas/fotografias em forma de lua com uma gatinha - namorado

- um coração lindo ^^, que se abre, com uma gatinha de um lado e uma moldura do outro - namorado

- Black XS e dinheiro para comprar umas botas - mãe

- Roupa da La Redoute (que ainda não chegou --') - pai

- Dinheiro - avós  

 

Sinto-me: 16 anos *.*
Música: "Parabéns a você, nesta data queriiiida (...)"
Sexta-feira, 3 de Outubro de 2008

Desabafo =/

E...a Universidade Moderna fechou!

 

(embora seja prejudicada - na verdade, acho que estar sem receber ordenado e estar desempregado não deve ser muito diferente - acho que foi a decisão mais acertada.)

 

(peço desculpa pelo desabafo =/)

 

 

Sinto-me: Nem sei...!
Quinta-feira, 15 de Novembro de 2007

Num momento de inspiração...

Consegui ver-te através dessa névoa, dessa tua voz distante, desse teu sentimento indiferente. Ou aparentemente indiferente, porque era isso que tu querias deixar transparecer. Tudo em ti consegue ser misteriosamente desigual. As tuas atitudes, as acções, a simples maneira de encarares o Mundo. O teu Mundo, aquele Mundo em que não deixas mais ninguém entrar, em que teimas em ser o único ser responsável por todas as acções.

Ao princípio, não me despertaste nenhum sentimento em especial, apenas neutralidade, porque era o que tu melhor sabias fazer: passar despercebido e apenas fazeres-te relembrar nos corações daquelas pessoas importantes.

Tinham-me falado sobre ti, sabes? Era como se tu fosses uma lenda, como se ninguém te conseguisse conhecer intimamente. O teu eu real. Como se tudo o que soubessem sobre ti fosse pouco para te retratar. É estranho esta aparente contradição, mas não deixa de ser verdade. És diferente, mas continuas a  ser parecido com todos os outros rapazes que conheço. Não sei como, porque nem consigo explicar as parecenças. Nem faço a mínima ideia de como podes ser tão parecido com alguém que não te dás.

Não me deixaste aproximar. Rejeitaste a minha presença, tal como continuas a rejeitar a presença de tudo o que te é estranho.

Aos poucos, aceitaste-me. Com muito receio, com muitas privações, sem aquele companheirismo que os amigos costumam ter. Era como se fosse uma estranha para ti, nessa tua (vida de) indefinição.

Tudo isto faz com que me sinta baralhada. Por isso começo a duvidar se existirás realmente. Se não serás apenas uma ilusão (não um sonho, pois os sonhos ainda temos esperança de os alcançar).

Agora, não sei o que és para mim. E sei que não vale a pena perguntar o que queres que eu seja para ti, porque não queres que eu faça parte dessa tua vida, desse teu Mundo em que ainda não aprendeste que sozinho não consegues ultrapassar. Essa tua vida egoísta, simples, arrogante...sincera.

Quero deixar tudo para trás. Os sentimentos. As palavras. As tentativas de ser alguém.

Quero ser importante para alguém. Quero ser relembrada. Quero não ser invisível. Tudo aquilo que não me consegues dar.

Quero partir, mas não quero desistir.

 

Sinto-me: Sono -.-'

Sobre mim =)

Pesquisar neste blog

 

Janeiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
20
21
23
24
25
26
27
28
31

Arquivo

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

101 coisas em 1001 dias ^^

Lista

Links

blogs SAPO