Quarta-feira, 12 de Março de 2008

Ser jovem é...

Ser jovem é...querer ser muito mais mesmo sendo o melhor que se poderia ser. É viver as emoções ao extremo: com uma felicidade resplandescente os bons momentos e com uma tristeza amargurada os maus.

É ficar apaixonado por pequenas coisas, lugares e sentimentos e querer que essa paixão dure para sempre.

É sentir que queremos o que desconhecemos, o que não sabemos. É ter um lugar para ficar, mas sentir-se deslocado e rejeitado pelo que nos rodeia.

Ser jovem é...uma decisão indecisa, um lugar estranho, um sentimento confuso e inacabado. É conseguir o que queremos de forma sublime. É ter amigos, inimigos, conhecidos...mas nunca esquecê-los.

É pensar que não, mas ter uma incocência pura e uma visão irreal do Mundo.

É...viver ao máximo, ser o melhor possível, mas, essencialmente, acreditar e correr atrás dos sonhos!

Texto escrito para o Teste de Avaliação Escrita de Potuguês

Sinto-me: Últimos dias... x)
Música: Savage Garden - Truly madly deeply
Sexta-feira, 9 de Novembro de 2007

Autobiografia em 5 pequenos capítulos

I

Caminho.

Olho com atenção todas as ruas, todos os trilhos.

Constantemente tenho de tomar decisões.

Esta rua, ou a outra?

Escolho o melhor caminho para chegar ao destino.

O mais longo, o que nos faz ter a noção mais correcta das atitudes.

 

II

Consigo ver, muito ao longe, aquele lugar.

Não me basta andar, correr.

Tenho de fazer um esforço quase sobre-humano, ou talvez não.

Se quero alcançar, tenho de ultrapassar barreiras.

De tentar ser mais e melhor a cada esquina que passo.

Mas, não será excessivo?

Não terei a pedir a perfeição de algo?

 

III

Tentei não parar.

Mas havia sempre pedras, em que tropeçava vezes e vezes.

Escadas enormes a percorrer.

No meio dessas pedras, encontrei pedras preciosas. Ou elas encontraram-me a mim.

No meio de escadarias imensas, houve patamares que me ajudaram a ser o que sou.

 

IV

Começo a aproximar-me cada vez mais.

A acreditar verdadeiramente que nada é impossível.

Tudo o que já esteve longe, quase inatingível, agora está mais perto.

Finalmente…alcancei.

 

V

Ao longo do percurso, aprendi que não podemos fugir de escadas nem contornar pedras, pois todos os obstáculos têm um motivo de ser.

No princípio deste trajecto compreendi que o caminho mais curto nem sempre é o mais correcto.

Afinal, nem tudo depende de mim.



Mais um texto para Português, mas desta vez uma Autobiografia

 

Beijinhos**

Sinto-me: Concerto hoje!
Música: no music ! !
Sexta-feira, 12 de Outubro de 2007

Auto-retrato

Nasceu em 1992, em Lisboa, Portugal.

Solteira e sem filhos.

Altura 1,72, talvez um pouco mais.

Sapato nº 39.

Gosta de pensar, de reflectir.

Não gosta de demasiada confusão, mas sente-se bem acompanhada.

Detesta preconceitos sem fundamento e hipocrisia.

Gosta de comunicar e de tentar perceber as pessoas.

Gosta quase tanto de ler como de escrever.

Umas vezes usa óculos, outras lentes, porque é mesmo míope.

Faz textos sem sentido ou então demasiado lamechas.

Quando escreve, escreve com sentimento.

Quando quer, consegue ser profunda.

É divertida e por isso não gosta de piadas secas.

Não come gelados e adora Ice Tea.

É muito perfeccionista, a ponto de às vezes se fartar dessa sua característica.

Odeia castanho, mas gosta da combinação de preto com branco.

Acredita em Deus. Nunca leu a Bíblia.

Aprendeu a dar segundas oportunidades.

É compreensiva e gosta que o sejam para com ela.

Não gosta de palavrões. Não fuma.

Já cometeu erros, mas não se lembra de ter cometido algum crime.

Se gosta de algum texto que escreve, passa-o para computador.

Está em Humanidades porque gosta e não para fugir á Matemática.

Tenta sempre dar o melhor de si.

Tem amigos suficientes. Nesse campo considera-se feliz.

Não tem dívidas.

Nunca esteve presa e espera nunca o vir a estar.

Quando não se sente 100% bem, escreve. Publica no blog.

É uma pessoa sociável.

Espera não morrer antes de conseguir ser mais do que é.

 

Composição para Português, com o titulo de 'Auto-Retrato', tendo como base o texto com o mesmo nome, de Graciliano Ramos.

 

Sinto-me: 20 valores a MACS?!?
Música: João Pedro Pais & Mafalda Veiga - Cada lugar teu
Tags: ,

Sobre mim =)

Pesquisar neste blog

 

Janeiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
20
21
23
24
25
26
27
28
31

Arquivo

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

101 coisas em 1001 dias ^^

Lista

Links

blogs SAPO