Segunda-feira, 10 de Novembro de 2008

Acho importante partilhar isto convosco x)

Professora de Filosofia "A vossa mãe é a causa, o vosso pai é a consequência" (e nós somos o quê? emplastros? efeitos adversos?)

 

Professora de Filosofia "Se vocês são filhos dos vossos pais, então não podem ser pais dos vossos próprios pais"

 

Rita "Tenho de comprar rímel" (eu a meter-me com ele, porque já calculava que ele não sabia o que era rímel)

Filipe "O que é rímel?!"

Rita "É aquilo que se põe nas pestanas para parecerem maiores" 

Filipe "Ah, já sei, aquilo que também se pode pôr nas unhas ^^''

 

Dizerem-me isto tudo no mesmo dia é dose!

 

 

P.S.1. Sim, é um facto que a minha professora de Filosofia nunca diz nada acertado.

P.S.2. Sim, é um facto que o Filipe tem quase 18 anos e não sabe o que é rímel, nem tão pouco distinguir rímel de verniz.

P.S.3. Sim, é um facto que este é o 3º dia consecutivo que actualizo o meu blog ^^ 

 

Sinto-me: S.Martinho= castanhas assadas
Segunda-feira, 6 de Outubro de 2008

Quem faz anos, quem é? xD

Parabéns a mim ^^

 ( 16 )

Já posso trabalhar, ir a discotecas, tirar a carta de moto (coisa que não me interessa muito x) e ''fazer amor'' em idade legal xD

 

Hoje buuuuue pessoas deram-me os parabéns, algumas que eu nem conhecia O.o

 

Prendas:

- rosa vermelha - namorado

- uma coisinha em forma de beijo com uma gatinha para pôr um bloco - namorado

- um sitio para pôr notas/fotografias em forma de lua com uma gatinha - namorado

- um coração lindo ^^, que se abre, com uma gatinha de um lado e uma moldura do outro - namorado

- Black XS e dinheiro para comprar umas botas - mãe

- Roupa da La Redoute (que ainda não chegou --') - pai

- Dinheiro - avós  

 

Sinto-me: 16 anos *.*
Música: "Parabéns a você, nesta data queriiiida (...)"
Sexta-feira, 22 de Agosto de 2008

3 em 1 (post x)

1.

Que raio de escola é que afixa TODOS os livros de TODOS os anos, excepto o de História A de 11º ano? --' Aliás, que tipo de escola manda os alunos/Encarregados de Educação às papelarias para ver se descobrem qual é o título do tal livro? --'

Enfim, se eu já sou stressada por natureza, estas coisas não ajudam muito xD

 

2.

Actualização ''101 coisas em 1001 dias''

094 - Ir ao cabeleireiro cortar as pontas cumprido a 14.Agosto.2008

040 - Aprender a fazer tererés cumprido algures entre 10.Agosto.2008 e 22.Agosto.2008

095 - Pedir uma 3ª via do cartão da Biblioteca Municipal cumprido a 22.Agosto.2008

Também já estou a tratar de alguns objectivos a longo prazo ^^

 

3.

Parabéns ao Nelson Évora, que ganhou a nossa única medalha de ouro (já não ganhavamos nenhuma há 12 anos), com um salto de 17,67 metros.

 

E concordo com o que a Sophie diz O.o :

 

 

 

 

Beijinhos ~

 

P.S. Ultimamente ando viciada em ''Miss Marple'', ''Diz-me como foi'' e ''Pontes entre nós'' do Pedro Abrunhosa com a Joana Morais...pancas causadas pelas férias =D

 

Sinto-me: falta pouco menos de 2 semanas
Música: Pedro Abrunhosa e Joana Morais - Pontes Entre Nós
Sábado, 16 de Agosto de 2008

Estranho, não? =D

Ontem, ao folhear o jornal “Expresso”, não pude de achar curioso o título “Demba, o senegalês apaixonado por Garret”. Desde logo, o artigo chamou-me à atenção: um senegalês de 26 anos, licenciado em Estudos Portugueses pela Universidade de Dakar, a trabalhar num Mestrado sobre as técnicas narrativas de Almeida Garret.

Chegou a Portugal há cerca de duas semanas e tem vivido, não à custa de amigos ou à boa vontade de vizinhos, mas sim com o dinheiro que ganha a vender “(…) colares, pulseiras e bugigangas (…)” nas praias da Costa da Caparica.
Nunca me passaria pela cabeça que, algures nas praias portuguesas, poderia encontrar um “visitante de Portugal” a vender bijutaria para pagar a fotocópias necessárias para o Mestrado (sobre um conceituado escritor português) e para ter dinheiro para comer. Como o artigo menciona, “(…) alinhou na actividade dos amigos imigrantes (…)”, num trabalho cansativo e que acredito que não seja muito bem remunerado. Este senegalês, Demba Diabaye, que fala fluentemente três línguas e um dialecto natal (francês, português, inglês e ‘wolof’) já pensa no Doutoramento que ambiciona tirar sobre o romantismo português.
Ironicamente na página ao lado desta notícia, o título é “334 mil [portugueses] vivem de subsídios”.
 
Acreditem, fiquei a pensar nisto.

 

Sim, eu gosto de ler jornais =D e quando não há nada para fazer (como é o caso) dá-me para filosofar sobre estas coisas. Sempre me podia dar para pior, não é?

Agora vai ser dificil passar por cá (blog) até dia 1 de Setembro, porque já gastei a Internet do meu PC do e-escola e outro Pc (este em que estou a escrever xD) está quase sempre ocupado.

 

Beijinhos ~

Sinto-me: Que raiva pá --'
Domingo, 13 de Abril de 2008

Pensamento do dia xD

Parece que acordas e recordas tudo. No entanto, é um Mundo novo, mesmo que já o tenhas percorrido mil vezes, mesmo que o conheças tão bem como me conheces a mim, continua a ser-te estranho... E ser estranho é bom! =')

<3

Sinto-me: Teatro
Segunda-feira, 24 de Março de 2008

Mundo Imperfeito

Todos nós andamos por aqui,
Todos nós admiramos este mundo onde vivemos, crescemos e damos vida a outros iguais.
Mas toda a gente parece esquecer as coisas más.
Andamos por aqui a sofrer,
O mundo castiga-nos por ‘crimes’ que nem sabemos ter cometido.
E como somos castigados? Hum…
Sofremos, choramos, vivemos amargurados,
 
Fechamo-nos no nosso mundo e acabamos por afastar os outros de nós…
Passamos a viver num mundo só nosso,
Não mais perfeito que outro qualquer,
Mas pelo menos neste protegemo-nos do que nos faz sofrer.
Não, este mundo criado por nós, como um escape à realidade, não nos ajuda.
Mas faz-nos sentir um falso controlo sobre nós.
Este mundo afasta-nos dos outros, impede-os de chegar até nós.
Impede-nos de sermos felizes, e acaba por magoar os outros…
Este mundo nosso um dia tem de ter um fim, e nesse dia, voltamos ao mundo onde toda a gente habita e, apercebemo-nos que perdemos parte preciosa da nossa vida.
Perdemos momentos, sorrisos, gargalhadas, amizades, paixões, amores…
Apercebemo-nos que deixamos passar entre os dedos, um universo de bons momentos…
Sim o mundo onde habitamos é imperfeito, mas não existe nada perfeito em qualquer mundo que nós inventemos…
 
 

escrito por http://tamc-6.hi5.com/

 

Não, este texto não fui eu que escrevi, mas sim uma das minhas melhores amigas, e ela deixou-me publicar o texto no meu blog =')

Não sei se já repararam mas...visual novo  que acham?

 

Sinto-me: No céu x)
Música: Colbie Caillat - Bubbly
Sábado, 5 de Janeiro de 2008

Eu sei...

 

 

 

Cumprimentas a vida com um ‘Olá’ meio envergonhado. Sorris para tudo o que te rodeia mas, mesmo assim, desconfias do que te é novo e diferente. Tens medo de mostrar o teu potencial, aquilo que te torna único. A verdade é que não sabes a reacção dos outros. E é só isso. Porque, mesmo inconscientemente, tens medo do que os outros poderão pensar. E é apenas esse motivo que condiciona as tuas atitudes. Mas repara bem…se estamos todos condicionados pela sociedade, e se nós, de certa forma, fazemos a sociedade, porque é que ‘criamos’ condições que nos são desfavoráveis? Pois, também não sei.
Deixa-me pensar, não sei, existirá alguém que saiba de facto? Mas não é a isso que se resume tudo aquilo que nos rodeia? Ou até nós mesmos? Talvez seja por vergonha, pelo medo da rejeição, talvez seja por excesso de confiança ou demasiada sorte. Enfim, quando criamos condições que nos são desfavoráveis, estamos de facto a mudar o sistema, a arranjarmos maneiras de nos libertamos da opressiva pressão que sentimos dia após dia, minuto após minuto. Nesses momentos não te preocupas com o que dizem ou pensam de ti, o teu objectivo está focado, nada te faz parar. Quando fugimos á sociedade, vivemos num mundo á parte, á margem dos pensamentos alheios, ninguém te compreende, ou assim te parece. É talvez a única maneira de te libertares, e do fundo, bem alto gritares numa voz que só tu ouves: Eu sou diferente. Porque é que criamos essas condições desagradáveis? Não sei, mas sei quem eu sou.
 
Texto feito em parceria com o João Netes (http://keryzinhu.hi5.com)
E ele pediu-me para por isto: “Foi um prazer escrever um texto com a Rita, apesar de não ter ficado muito contente com a parte que escrevi, acho q valeu a pena =D”

 

 

Sinto-me: Meio com sono xD
Música: DJ Tiesto - Touch Me
Terça-feira, 17 de Julho de 2007

Ritynhaa...

A minha amiga 'Flor Incognita' (http://flor_incognita.blogs.sapo.pt/) deixou-me uma brincadeira á qual vou dar continuidade:

 

R espeitada - é uma das coisas que acho essencial. Que me respeitem. 

I nteligente - uma das qualidades que as pessoas vêm em mim.

T eimosa/ timida - acho que há alturas em que todos somos um bocadinho... 

Y orn - sms's grátis? =D

N ornal - ok...dentro do possivel xD...

H (não me lmbro de nenhuma =/)

A mizade - é tão importante...confiarmos, respeitarmos...sabermos que temos com quem contar...

A mor - essencial, quase tanto como respirar. Amor pela vida, por nós...

 

Passo esta brincadeira a:

  • todos os meus 'amigos' dos Blogs

Beijinhos e desculpem a minha ausência

Sinto-me: Preocupada...
Tags: ,

Sobre mim =)

Pesquisar neste blog

 

Janeiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
20
21
23
24
25
26
27
28
31

Arquivo

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

101 coisas em 1001 dias ^^

Lista

Links

blogs SAPO